Início » Cartas » O problema do atendimento de emergência no Parque Ibirapuera