Início » Equipamentos » Pavilhão Japonês

Pavilhão Japonês

by Redação

Dentro do movimentado Parque do Ibirapuera – na região sul de São Paulo – existe um escondido e agradável recanto de calmaria. O Pavilhão Japonês é um espaço dentro do Parque Ibirapuera, inspirada no Palácio Katsura, em Quioto. A espaço foi entregue pela colônia japonesa no quarto centenário da cidade de São Paulo em 1954.

Além do jardim repleto de plantas e árvores ornamentais, identificadas com nome científico e país de origem, o pavilhão abre as portas para uma pequena mostra da memória e cultura japonesa com exposição de peças de cerâmicas, trajes de guerreiros e outros objetos típicos desse povo que tem em São Paulo a maior colônia fora do Japão.

Pavilhao Japones. Fotos: Marcelo Iha/ SPTuris

Pavilhão Japonês. Fotos: Marcelo Iha/ SPTuris

Na parte dos fundos, um lago repleto de carpas pode ser contemplado e, quem tiver interesse, também pode alimentar os peixes com ração fornecida pelos funcionários do local. O Pavilhão e sua área externa propiciam aos visitantes momentos únicos de contemplação, reflexão e descanso. É uma ótima opção para relaxar após praticar esportes e fazer atividades físicas no parque.

Pavilhao Japones. Fotos: Marcelo Iha/ SPTuris

Pavilhão Japonês. Fotos: Marcelo Iha/ SPTuris

Fonte: Texto de Marcelo Iha, SPTuris

INFORMAÇÕES:
Acesso: Portão 3 e 10 – Av. Pedro Álvares Cabral
Funcionamento: quarta, sábado, domingo e feriado
Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h
Preço: R$10 (inteira) e R$5 (meia)
Tel:. tel:(11) 5081-7296 e 3208-1755
E-mail: pavilhao@bunkyo.org.br

2 comentários

Da série “aonde levo minha amiga gringa”, versão São Paulo – E se a gente não voltasse… 7 de agosto de 2017 - 3:54 pm

[…] de andar despretensiosamente, ainda é possível visitar o Museu Afro, sempre surpreendente, e o Pavilhão Japonês (é melhor consultar a programação na internet, porque fica um pouco escondido). Soube que abriu […]

Blog RDC Férias 20 de setembro de 2017 - 2:29 pm

[…] Ibirapuera, na capital paulista, também é possível apreciar variedades de cerejeiras dentro do Pavilhão Japonês, onde encontram-se três tipos delas: Okinawa, Taiwan e Himalaia. Mesmo após o período da […]

Comments are closed.