Início » Parque Ibirapuera » Concessão com fim de lucro a ator único: um desacato ao patrimônio público e à cidade