Home Fotografar no Parque Ibirapuera

Fotografar no Parque Ibirapuera

FOTOGRAFIA NO PARQUE IBIRAPUERA

Fotografar no Parque Ibirapuera faz parte do prazer e da experiência única de estar no maior e mais visitado parque da cidade. Flora, fauna, arquitetura, monumentos… tudo convida para um clic. Eis abaixo as regras e algumas sugestões para fotografar no parque.

Fotografia para uso pessoal

Não é necessária autorização alguma para fotografar no Parque Ibirapuera, desde que as fotografias sejam para uso pessoal e não comercial e/ou publicitário.

Não ha restrições ao uso de qualquer aparelho fotográfico e lentes, desde que mantidos nas mãos, e também de tripés – estes não devem atrapalhar de forma alguma a circulação dos usuários ou interfirir com as vistas das várias áreas do parque.

O uso de materiais volumosos e incômodos, que atrapalhem a circulação das pessoas e interfiram com as vistas e a visibilidade dos espaços do parque, são proibidos ou requerem uma autorização especial. Se você estiver na dúvida, faça a solicitação formal para a prefeitura aqui.

Embora não seja cobrada nenhuma taxa para se fotografar no parque para uso pessoal, doações para o Parque Ibirapuera Conservação são muito bem vindas. As doações contribuem para nosso trabalho de construção da governança e de melhorias no parque, para que ele possa alcançar todo seu potencial hoje e no futuro.

Fotografia publicitária e de eventos

Não há dúvida de que o Parque Ibirapuera é um dos lugares ideais da cidade para fotografar eventos e filmar comerciais. Para esse fim, é necessária autorização da Prefeitura.

Sem autorização específica, o uso de imagens do Parque Ibirapuera em publicidades, comerciais, pôsters, folhetos, etc., e a realização de fotografias e filmagem de eventos ou como atividade profissional são proibidos.

Se você quiser fotografar/filmar no Parque Ibirapuera profissionalmente, com fim publicitário e/ou comercial, peça autorização através deste formulário.

Foto: “Parque Ibirapuera, Ipês roxos e Obelisco”, Roberto Carvalho de Magalhães.